departamentos
Formação
Bem-vindo ao Departamento de Formação do SINDEL

O SINDEL desde há muitos anos que contempla na sua estrutura e princípios, o Departamento de Formação, o qual tem como missão promover a formação profissional dos trabalhadores e dos associados do SINDEL em particular, para além de, em cooperação com outros departamentos, também promover a formação de Dirigentes, Delegados e Colaboradores sindicais.

Tendo o pais uma acentuada deficiência escolar e educacional ao nível da formação profissional qualificada e certificada, um dos objectivos do SINDEL é contribuir para que este panorama se inverta e, com acções concretas, levar os trabalhadores a realizarem acções de formação profissional certificada, em parceria com o CEFOSAP e com outras organizações promotoras de cursos de formação.

Assim, é com orgulho e motivação para o futuro, que podemos dizer que o SINDEL contribui para o cumprimento dos seguintes objectivos:

1. Ultrapassar o défice de qualificações no mundo laboral,
2. Contribuir para o aumento das qualificações e competências profissionais que são o garante de uma verdadeira mobilidade profissional ao nível europeu.
3. Preparar melhor os trabalhadores para situações de empregabilidade mais bem remunerada.
4. Aumentar a confiança e a possibilidade de evolução nas empresas, no seguimento de concursos internos ou de programas de mobilidade interna.
5. Estimular o empreendedorismo, a inovação e o emprego junto daqueles que são vitimas do encerramento de empresas.
6. Os trabalhadores portugueses possam aumentar a produtividade por força da introdução de mais conhecimento na cadeia de valor e dessa forma. Aumentarem os seus rendimentos e a sustentabilidade dos seus postos de trabalho.
7. Aumentar a segurança no emprego e a competitividade das empresas.
8. Aumentar a consciência sindical que contribui para uma negociação colectiva mais eficaz e mais adequada aos interesses dos trabalhadores.
9. Reforçar o sindicalismo democrático e de negociação.
10. Permitir que as desigualdades diminuam e que os processos de integração social sejam mais facilitados devido à existência duma maior consciência social.
É por tudo isto e muito mais que a Formação é vista pelo SINDEL como um factor essencial para a evolução dos trabalhadores.

Departamento de Formação do SINDEL

 
EDA Renováveis e SEGMA
O SINDEL chegou, a 7 de dezembro, a um entendimento de princípio sobre o Acordo de Empresa para a EDA Renováveis. Já quase ao fim do dia 7 foi, também, possível chegar a um texto final sobre a SEGMA – acordo em que o SIESI esteve também presente e subscreveu.
FUNDO DE PENSÕES EDP
O Secretário-geral do SINDEL, representante dos trabalhadores na Comissão de Acompanhamento do Fundo, prestou declarações ao EXPRESSO sobre este tema. Leia tudo aqui .
COFICAB
O SINDEL recebeu ecos de insatisfação por parte dos trabalhadores da COFICAB e pediu uma reunião à empresa, no seguimento da qual emitiu um comunicado que pode ler aqui.
EDA
O SINDEL alargou a sua atividade aos Açores e é, já, o segundo mais representativo no grupo energético EDA - Eletricidade dos Açores.
Desemprego na Alemanha cai para o nível mais baixo desde a reunificação
Jornal de Negócios
O número de pessoas sem trabalho na Alemanha caiu mais do que o previsto, em Maio, levando a taxa...
Estivadores do Porto de Lisboa retomam trabalho na segunda-feira
Jornal de Negócios
A greve dos estivadores do Porto de Lisboa vai ser suspensa até ao final do dia, e o trabalho...
Para o CDS este é o Governo da "desilusão, descrédito e desnorte" 
Jornal de Negócios
Assunção Cristas considera que os primeiros seis meses do Governo têm sido de "desilusão,...
Crise económica associada a 260 mil mortes por cancro
Jornal de Negócios
Na União Europeia, a crise está relacionada com 160 mil mortes a mais, sugere o mesmo estudo,...
© 2010 SINDEL - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS Site Optimizado para Google Chrome, Safari,
IE7, Firefox 2.0 e versões superiores
DESENVOLVIDO POR:4POR4